Galeria

 

Nasceram no Solar diversas  famílias, com destaque para o General Fernando Delgado Freire de Castilho, militar e político que foi governador de Paraíba, no Brasil, entre 1796 a 1810, e de Goiás, de 1810 a 1820. Também merece ser referenciado o nascimento do 3.º marquês de Ponte de Lima e 16.º visconde de Vila Nova de Cerveira, quando seu pai exercia funções militares em Almeida e se encontrava aboletado nesta Casa.

Depois da morte do General Fernando de Castilho, em 1820, o Solar foi herdado por seu primo, capitão-mor de Almendra e Castelo Melhor, Pedro António de Castilho Falcão de Mendonça, morgado e senhor do Paço de Almendra, que mais tarde veio residir para Almeida, onde na juventude foi cadete do Regimento de Cavalaria. Manteve-se na família até 1905, ano em que foi vendido. Em 2020 foi convertida pela Risoturismo numa Casa Histórica para usufruto turístico e cultural.

Sobre

Esta Casa Histórica constitui-se como um elemento inovador a visitar em Almeida, em complemento ao grandioso património das muralhas, à arquitectura civil, ao Museu Histórico Militar e às recriações históricas.
O Solar São João da Praça encontra-se edificado no centro histórico da vila e fortaleza de Almeida. Foi mandado construir em 1726 pelo Coronel de Infantaria José Delgado Freire, casado com D. Maria de Azevedo, das famílias mais importantes de Riba Côa.

Peça em Destaque

Chocolateiras

Século XIX-XX

(propriedade: col. Augusto Moutinho Borges e Adelaide Nabais)

  • 1 – Chocolateira de Sala                                                                                            Material: latão e madeira, cabo curto                                                                    Dimensões: alt. 33 x larg. 26 x diâm. 15cm                                                            Decoração: lisa, pegas rendilhadas       

(Obs.: dividida em duas partes, base com lamparina, que permitia o chocolate estar sempre quente. Pegas para suporte do recipiente para entornar diretamente nas chávenas chocolateiras)

  • 2 – Chocolateira de uso corrente                                                                              Material: latão e madeira com cabo comprido                                                       Dimensões: alt. 11 x larg. 33 x diâm. 10cm                                                            Decoração: lisa, na madeira motivos canelados a goiva

Em Riba Côa havia o hábito de tomar o chocolate na Noite de Natal, continuando-se esta tradição durante os rigores do inverno. Depois da Missa do Galo este consumo era generalizado às Casas mais abastadas, continuando-se até aos Reis e diluindo-se ao chegar a primavera.

Em Almeida esta tradição manteve-se por influência da proximidade com Espanha, sendo muito ativa em localidades como Malpartida, Vale de la Mula, S. Pedro do Rio Seco, Vilar Formoso, entre outras. Mesmo em Trás-os-Montes constituía-se uma prática comum. Era uma forma de obter calorias e conviver familiarmente, pois servir o chocolate era um ritual muito particular de cada casa.

Há peças para todos os gostos, materiais e dimensões, podendo ser, como os dois exemplares apresentados, para uso de sala e para uso corrente. Neste último caso a chocolateira assentava diretamente numa trempe na lareira, motivo pelo qual o cabo é mais longo do que no primeiro exemplar.

Em Portugal há, pintada numa chávena, uma representação do rei D. João V, século XVIII, a servir o chocolate à sua família e em Espanha, no Museu de Cerâmica de Barcelona, um grande painel chamado “La Chocolatera”, século XVII, onde um escravo mexe o chocolate num recipiente próprio para a sua confeção.

No Solar São João – Casa Memória, estes dois exemplares refletem um dos hábitos locais que o tempo foi esquecendo, preservados neste contexto regional como dos objetos que suscitam curiosidade pelo seu ineditismo nas artes decorativas portuguesas.

SERVIÇOS

Preçário sob consulta: (+351) 271 571 103

  • Visitas comentadas à Casa Memória.
  • Visitas noturnas comentadas à Casa Memória
  • Visitas pedestres comentadas a Almeida, às Aldeias Históricas de Castelo Mendo e de Castelo Rodrigo.
  • Visitas comentadas a Almeida em jipe de 1942.
  • Provas de produtos endógenos, vinhos e sabores.
  • Loja venda de produtos locais.
Folheto Solar São João

VEJA O NOSSO FOLHETO

Casas do solar

Entre em contacto

localização

Praça Dr. Casimiro Matias 16

6350-129 ALMEIDA

(antiga Praça de São João)

horário

10h00 às 13h00 | 14h30 às 17h30, todos os dias, excepto 2ª feira.

Formulário de Contacto

PARCEIROS

Scroll to top